QUAL É A HISTÓRIA QUE A MENTE DEPRESSIVA CONTA?

Sabemos que a Depressão tem como causa primária uma ou mais ameaças à vida acontecidas durante as etapas inicias da nossa vida (Vida intra-uterina, processo de nascimento ou primeira infância).

 Nestes primeiros momentos de vida não possuímos ativa a função consciente, o qual impede efetuar as escolhas corretas para endereçar nossa vida na direção desejada. Nossa mente subconsciente grava com profunda emoção todos os traumas, e os projeta num eterno presente como ameaças que podem voltar a qualquer momento.

No caso do depressivo, a mente insiste em contar uma história de permanente ameaça de derrota, como se estivesse morando num campo de batalha, cheio de perigos. Nesse campo de batalha há mortos e feridos, situação que provoca mais traumas e dificuldades de apreciação.

E as dificuldades na vida real, em especial durante a adolescência, projetam um cenário muito ruim, que indica "insegurança diante do futuro, ausência de motivos para viver" (GRISA, Pedro Antônio. O jogo e a estruturas das personalidades. Florianópolis: Edipappi, 2006, pag.72).

A história que a mente insiste em contar não se refere aos dias de hoje, e sim as dificuldades do passado, quando indefesos lutando para sobreviver.

Não guardamos informações a nível consciente desses fatos, por isso é tão difícil entender o que está acontecendo.

Quando passo perto de um muro de uma casa e um cachorro late, me assusto. Eu guardo a informação e a recupero imediatamente lembrando aquela vez que o Totó me assustou quando eu era criança. Raciocino e lembro que o Totó era bem pequeninho e apenas queria brincar. Compreendo a situação e consigo avançar pela vida.

grisa.jpg
TOTO.jpg
PLUTO.jpg

As reações difíceis de controlar como ser revoltado, brigar, isolar-se, não querer conviver com os outros; indicam que o seu subconsciente está reagindo a eventos prévios que significaram ameaças. E como não lembro o acontecido não posso colocar o evento em seu devido lugar: no passado, como experiência vivida e vencida. Estar vivo é a maior prova de minha vitória.

É importante que você depressivo entenda que não está lidando com eventos do presente, e sim com as dificuldades não esclarecidas do início da vida. Por isso busque os eventos difíceis da sua gestação e nascimento e faça sua compreensão de que você venceu aquela primeira batalha pela vida, e que é natural continuar vencendo, você foi predestinado (a) a vencer.

Quanto maior foi o perigo e o sofrimento, maior o trauma que fica gravado de forma irracional na sua mente, más também maior é a vitória.

Baixe sua cabeça em sinal de reflexão e agradeça por estar vivo e participando desta que é a maior experiência do universo.

Deste campo de batalha você aflora como vencedor.

Parabéns!