A MENTE PROTEGE A VIDA

Existe um padrão na vida das pessoas que vivenciam dificuldades? SIM!

 A mente subconsciente, que é a essência cósmica que organiza a vida, tem como um dos seus objetivos fundamentais "proteger a vida".

Essa é o orientação básica deste estudo: a mente protege a vida e em algumas ocasiões faz que na hora do perigo, o indivíduo se recolha no seu quarto (ameaça) ou quando não houver outra alternativa, parte para o ataque.

O depressivo vive num campo de batalha onde se sente ameaçado a toda hora, devido a sensação de perigo iminente frente aos desafios da vida. O maior problema do ser humano é a INSEGURANÇA.

MAS PROTEGE DO QUE?

Por incrível que pareca o ser humano é o ser mais indefeso do universo. É natural então que a primeira tarefa da mente subconsciente, seja a verificação do ambiente onde se encontra, a efeito de localizar ameaças e efetuar a devida proteção. A vida não existiaria sem essa proteção, e quem deveria naturalmente providenciar um ambiente tranquilo e favorável a vida é a própria mãe e o seu entorno familiar.

Desde o momento em que acontece a fecundação, o feto compartilha a mente subconsciente da mãe, e conhece assim qual é o ambiente no qual vai se desenvolver nos próximos desafiadores nove meses da gestação.

Fora do útero materno, não existem possibilidades de sobrevivência; assim, o que está acontecendo no subconsciente  da mãe pode facilitar, dificultar ou inviabilizar a vida.

DEPRESSS.png

PROTEÇÃO NECESSÁRIA

E como mãe e feto estão unidos pelo subconsciente, tudo o que a mãe pensa, sente, imagina ou vivencia, torna-se real para o feto, pois ele não tem a função consciente ativa que o permitiria fazer suas escolhas. As emoções negativas ou positivas que a mãe sente tornam-se a “realidade” da vida na mente subconsciente do ser em formação. A programação da mente subconsciente já está acontecendo, e quanto maior a emoção, maior é a força da programação.

Perecebe que maravilhosa descoberta?

Todas as dificuldades da mãe gestante no presente, no passado e no futuro podem ou não se transformar em ameaças a sobrevivência do ser em formação; fatos reais ou imaginários, acidentes, traumas, dificuldades etc.

O FRUTO NÃO CAI LONGE DA ÁRVORE

Todas as facilidades da mãe gestante no presente, no passado e no futuro podem impulsionar a vida do ser em formação, para o sucesso, felicidade, prosperidade, saúde, harmonia etc., de acordo com as programações adquiridas na concepção.

Se o ser em formação se sente desprotegido, resistido, seu direito a vida plena está ameaçado, e faz-se necessária uma ação protetora, que pode se manifestar como depressão no futuro do indivíduo..

A consequência destas programações é a sensação de rejeição, este é o cerne da depressão.

DEPRESSÃO É PROTEÇÃO DA MENTE SUBCONSCIENTE CONTRA OS PERIGOS DA VIDA,

 É INSEGURANÇA DIANTE DO FUTURO, AUSÊNCIA DE MOTIVOS PARA VIVER.

e AFINAL, O QUE CAUSA A DEPRESSÃO?

As causas da depressão estão localizadas nas sérias ameaças a sobrevivência do ser nos momentos iniciais da vida (vida intrauterina, nascimento ou primeira infância). Estas ameaças, embora subconscientes estão sempre presentes ao longo da vida da pessoa, e numa dificuldade podem aflorar com violência frustrando todos os planos de vida.

A causa principal da depressão é a rejeição subconsciente à gravidez da mãe, que produz no feto a certeza de não ser aceito, que a vida não tem sentido; e fundamenta a forma como a mente subconsciente irá a proteger a vida.

QUAIS AS PERGUNTAS PARA

entender o depressivo?

No atendimento  de Parapsicologia Clínica em que faço diariamente, a anamnese (ficha do cliente) começa pelos dados sobre a gestação. E você pode aproveitar esta guia para aprender junto.

- Quais as circunstâncias em que esta pessoa foi gerada?

- Como a mãe estava se sentindo?

- Qual era a posição social e financeira (sobrevivência)?

- Quais perigos a mãe passou a enfrentar na sua imaginação?

- O que as pessoas de sua relação pensavam e falavam (pai, família, amigos, médicos).

- A mãe estava preocupada com a sua saúde e a do filho?

- A mãe planejou ou tentou de alguma forma acabar com essa vida em gestação?

 

Existem outras perguntas a serem feitas, todas elas relacionadas à ameaça a sobrevivência do ser em formação. Em especial durante o processo de nascimento e a primeira infância.

A compreensão do contexto familiar e pessoal do depressivo, traz inúmeras respostas, desbloqueia mentes e leva a CURA.

Quer conhecer mais sobre o assunto? No meu livro "CAUSAS DA DEPRESSÃO", tudo referente a depressão é analisado em profundidade, sob a ótica científica da PARAPSICOLOGIA DO SISTEMA GRISA.

 

Clique no link para ser conduzido a loja da HOTMART e comprar sua cópia (e-book)

CARRINHO.jpg

OFERTA DE LANÇAMENTO R$ 20,00

filho mais feliz.jpg