Já teve falta de ar, o coração disparado e pensou que ia morrer?

heart-attack-g8fdca0fff_1920.jpg

Mais da metade dos atendimentos em ambulatórios cardíacos são consequência de um tipo de sintomas que se confunde com o ataque cardíaco. 

Já sentiu alguma vez a sensação de que está tendo um infarto? Você está assustado e estressado, e passa a ter sensações violentas que podem ser confundidas com um infarto. Frequenta uma emergência médica, e após diversos exames terá a informação seguinte: “seu sistema cardiovascular está em ótimo estado”, afastando assim a possibilidade de ter um ataque súbito ao coração.

Após o alívio, fica na dúvida.

-Será que esse diagnóstico está correto?

E começa uma longa peregrinação por diversos especialistas em busca de um diagnóstico e tratamento diferente daquele que te deixou na dúvida.

O que está acontecendo. Qual é a causa da aparente falta de resposta da ciência médica?

O que realmente está acontecendo é um ataque de ansiedade, que não representa qualquer risco a saúde se devidamente tratado. E o tratamento não é médico e sim comportamental.

E se você não conseguir reagir a tempo? Pode levar a ataques de pânico, produzindo desconforto físico e mental, por ocasiões pode precisar de internamento ou medicação psiquiátrica.

Se persistirem por bastante tempo as situações estressantes pode provocar problemas ao coração.

Mas a pior experiência é aquela sensação de medo, e de perceber que não é você quem está no comando da vida.

Você achar que viver pendente de atendimento médico é vida?
hospital-ward-gac1507a9c_1920.jpg

Se deseja ter vida de melhor qualidade e saber com o que está lidando, clique aqui e baixe o e-book grátis: “Conheça os estragos que a ansiedade causa”, de minha autoria, onde ensino técnicas que funcionam com meus clientes de terapia.