PERSONALIDADE PRAGMÁTICA

Aquele que chegou como primeiro filho do seu sexo, imediatamente após o nascimento passou a ter um elo mental ou comunicação mental telepática, subconsciente, natural e indestrutível com seu progenitor do sexo oposto. Freud chamou a esta força de “impulso sexual”, hoje sabemos que ela é apenas uma comunicação telepática muito forte.

No caso de nascimento de gêmeos, pragmático é aquele que nasce primeiro.

No caso de gêmeos adotados, pragmático é aquele que estabelece contato visual com a mãe em primeiro lugar.

O pragmático então vai ser sempre aprovado em tudo o que faz, o olhar do pai ou da mãe vai ser sempre de aprovação, ele vai sentir profunda segurança e aprovação interior. Desta forma pode se voltar para o mundo exterior, e mostrar um comportamento seguro, confiável, fácil e prático.

O pragmático prefere ser independente; não aceita ser chamado à atenção; prefere ser chefe, patrão, autônomo; não gosta de prestar contas a ninguém. Sendo no geral econômico e até pão-duro.

Gosta de boa casa, carro, roupas e pertences; valoriza a posse e a utilidade dos bens; pode ser ciumento ao extremo; busca riqueza, poder e status social.

É organizado, gosta de ter as coisas no lugar para facilitar o desempenho e não perder tempo.

A mulher pragmática prefere joias a bijuterias, e detesta pedir dinheiro ao marido ou companheiro.

 

Pragmático Definido

Dizemos que é pragmático definido aquele sujeito que durante a gestação e o processo de nascimento não sofreu.

Ele pode manifestar na sua vida toda programação positiva que a vida entregou.

 

Pragmático Sofrido

Se o indivíduo nasceu numa situação familiar que caracteriza o pragmatismo, mais sofreu em algum momento da gestação ou do nascimento, dizemos que é um pragmático sofrido. Ele vai ter algumas dificuldades na vida que vão remetê-lo a esse começo difícil e conturbado. Pode então desenvolver características de idealista e assumir um ou mais dos papéis que o idealista assume.

DEPRE.jpg
filho mais feliz.jpg