COM QUE LENTE VOCÊ OBSERVA A VIDA

 Qual é a causa de que cada um de nós veja a vida de uma cor diferente?

     

      Conhecemos a frase:

     

"No mundo nada é verdade nem mentira: tudo depende da cor do cristal com que se mira.”  (Ramón de Campoamor y Campoosorio.)

 

Significa que a vida e o universo têm um significado e uma intensidade de cores, aromas, sabores, gostos e opiniões infinitos. E que cada um de nós é apenas testemunha desse evento. A natureza tem como norma a infinita diversidade, tudo se concretiza pela diferença entre todos os seres vivos ou não. Nem um grão de areia é igual a outro.

Os seres humanos somos interpretes e testemunhas das maravilhas da criação.

Estamos aqui presenciando a maior obra já construída: o universo; deveríamos estar exaltando a mesma a cada momento, percebendo os intensos matizes de mudanças e a perfeição de cada detalhe.

Cada um de nós, como observador vai ter suas próprias percepções, que são determinadas pela cor da lente com que observamos.

visão distorcida da vida

A lente com que observamos a vida foi adquirida junto à mãe na vida intrauterina. Os pensamentos, emoções e acontecimentos da vida da mãe durante a nossa gestação marcaram profundamente a forma como enxergamos a vida.

Se a mãe estava num momento difícil vivenciando alguma dificuldade, ela percebia o ambiente e a vida como difícil, tumultuada, sem sentido, depressiva; e lá estávamos nós aceitando essa forma atrapalhada de interpretar o milagre que se desenvolve a cada instante na nossa frente.

Compreendemos que adquirimos com profunda emoção uma forma de ver a vida descolorida, sem graça. A lente pela qual a mãe olhava a vida naqueles momentos estava riscada, escurecida e não filtrava as cores na sua cor real.

Quando as dificuldades foram superadas, a mãe simplesmente mudou a lente com que olhava a vida, a alegria de ter vencido a batalha da vida que se concretizou no nosso nascimento foi mola impulsora da mudança.

O feto não tem escolha, ele simplesmente aceita as dificuldades vivenciadas pela mãe como a realidade da vida.

Por isso muitos de nós percebemos a vida descolorida, sem interesse, sem sentido.

Mude a lente com que você olha a vida.

Se você tem dificuldades em achar bela a criação, está na hora de se informar junto à mãe e conhecer sua história pessoal.

A Parapsicologia Clínica do Sistema Grisa ajuda com sua Terapia de Orientação Parapsicológica a mudar a lente, filtrando os raios de luz que iluminam sua vida. Usando o método da compreensão e reprogramação do subconsciente. O subconsciente age mecanicamente como um robô de acordo com as programações adquiridas, reprogramando o subconsciente (por meio da técnica da compreensão, que usa como ferramenta a hipnose) podemos ter um olhar racional para o entorno em que no encontramos, usando uma lente perfeita que não distorce as imagens.