PROGRAMAÇÃO E REPROGRAMAÇÃO MENTAL

Surge a grande pergunta: se o subconsciente age mecanicamente, como posso domesticá-lo, fazer com que colabore com a grande tarefa da minha vida: viver e ser feliz?!

Segundo Grisa (2007, p. 57): O subconsciente não é algo estático. Por isso pode-se afirmar que está sempre sendo programado e reprogramado. Mas há programações que vão se solidificando, adquirindo uma certa estabilidade.

Como mudar programações negativas ou prejudiciais e reforçar programações positivas ou benéficas?

Três são as leis que regem o Método de Programação e Reprogramação do subconsciente: a Lei da Repetição, a Lei da Imaginação e a Lei da Compreensão.

Lei Da Repetição: Tal qual o que se faz na escola, a repetição faz parte do aprendizado. Este mesmo simples processo é que norteia esta Lei.

Segundo Grisa (2007, p. 58) “Repetindo-se movimentos, desenvolvem-se hábitos e habilidades; repetindo-se ideias, pensamentos e imagens, programa-se o Subconsciente para a obtenção dos mais diversos resultados”.

Pela Lei da Repetição podem ser utilizadas palavras, pensamentos, imagens, gestos e atitudes, podendo-se programar tudo o que o Subconsciente comanda: desde os movimentos do corpo às reações emocionais e comportamentais e os acontecimentos da vida.

É também a Lei que fundamenta a história do Pensamento Positivo. "Pedi e vos será dado; buscai e achareis; batei e vos será aberto. Pois todo o que pede, recebe; o que busca, acha; e ao que bate, se abrirá." (Lc 11,9-10).

Foi difícil aprender a caminhar, escrever, multiplicar, fazer as tarefas domésticas, dirigir o carro. A repetição transforma a tarefa aprendida num hábito e passa a fazer parte do comportamento.

No começo da vida, durante a vida intrauterina comprovou-se o fato de que a mãe se comunica com o feto por meio do sangue que circula pelo cordão umbilical e que cada emoção vivenciada pela mãe produz um tipo específico de substância química que, ao chegar ao feto, produz nele uma resposta específica organicamente. Cada uma dessas substâncias corresponde a uma emoção que é reproduzida no corpo físico como uma realidade, que produz uma resposta como pensamento e que, por sua vez, produz uma ação.

As programações no Subconsciente têm sua origem muito clara nas sucessivas programações assumidas pelas células ao longo de bilhões de anos de evolução até chegar ao ser humano. Uma vez chegado ao degrau de humano foi beneficiado por uma série de programas básicos que compreende:

  • Princípios Naturais de Sobrevivência (do indivíduo, do ser único e da espécie).

  • Leis Cósmicas (da harmonia, da evolução e da vibração).

  • Programações Culturais Milenares (civilizações da abundância e da carência, era tecnológica e era dos músculos).

  • Programações Individuais (da vida intrauterina, do processo de nascimento, da infância, da adolescência e da vida adulta).

A Lei da Repetição fundamenta a forma como as células e o corpo todo se comportam para enfrentar cada circunstância, tudo foi previamente programado.

É importante agir ensinando ao subconsciente a melhor forma de comportamento, por meio da repetição. Repetindo de forma consistente, positiva e no presente qualquer informação passa a ser uma programação automática e o resultado está pronto a aparecer por meio da Lei da Criação.

Lei Da Imaginação: A Lei Mental Maior, da Criação, se manifesta com força máxima na programação do subconsciente. 

Imaginar é criar. Para o subconsciente, bem como para o cérebro humano, não há diferença entre uma realidade percebida diretamente do mundo exterior e uma realidade puramente imaginada. Em outras palavras, pode-se afirmar que para o Subconsciente, perceber imaginar e sonhar tem o mesmo valor. [...]

Como se sabe, o Subconsciente registra e depois reage.

Na programação do subconsciente, quanto mais clara e detalhadamente se imagina um objeto, uma pessoa, um fato ou um acontecimento, quanto mais clara, intensa e detalhadamente se imagina uma realidade, um resultado, mais profunda e amplamente se registra a realidade e correspondentes serão as consequências:

  • O cérebro humano não diferencia uma imagem percebida na realidade exterior de uma imagem mentalmente criada. (Neurologia - Junho 1992).

  • Subconsciente não distingue o real do imaginário e do onírico.

  • A imaginação é mais poderosa que a vontade.

  • Entre a vontade e a imaginação, a imaginação sempre prevalece no comando das reações e ações do indivíduo.

  • Tudo o que vocês pedirem na oração acreditem que já o receberam, e assim será. (Mc 11,24).

As imagens que se cultivam na mente são aceitas pelo subconsciente como verdadeiras e ele buscará concretizá-las. Cultivando imagens de harmonia, saúde, alegrias e cenas de bom desempenho e sucesso, a pessoa estará orientando seu subconsciente para colher estes frutos. A Orientação Parapsicológica do Sistema Grisa inclui técnicas de Domínio da Imaginação para programar o subconsciente.

Lei Da Compreensão: No processo cognitivo, entender refere-se às partes. Compreender refere-se ao todo, ao funcionamento do sistema.

A respeito das atitudes atrapalhadas, pode-se entender que em algum momento a resposta a uma dificuldade não foi a melhor pelos resultados obtidos. Não ter agido na direção dos objetivos torna-se um fracasso momentâneo que causa intenso sofrimento, desconforto e imobilidade.

Segundo Grisa (2000, p. 45) "Enquanto não entendemos uma situação, somos vítimas dela. Quando a compreendemos, podemos passar a exercer controle sobre ela, até sermos donos da situação, efetivamente."

A compreensão encaixa o funcionamento das partes. Somente a observação à distância permite verificar como o fato acontece. No processo de compreensão primeiro se entende como funcionam as partes para, no final, perceber como se obtém o domínio sobre o processo.

Os níveis de compreensão, decorrentes da estrutura funcional da mente humana são:

  • Entender que o ser Humano não é um, é dois: Consciente e Subconsciente.

  • Entender e compreender como funciona cada um deles.

  • Entender como o Subconsciente é programado, com programações decorrentes das diferentes dimensões.

  • Perceber o fato perturbador, prejudicial ou traumático sob outro ponto de vista que não seja o da perturbação, do prejuízo ou do trauma. Somente aqui no quarto nível de compreensão é que a técnica da Hipnose pode contribuir para a efetiva e definitiva reprogramação do subconsciente.

 

Compreender a parte dentro do todo ou compreender o todo no conjunto das partes, ou ainda compreender a função de cada parte no conjunto do todo, eis uma atividade específica da Mente Racional, da Razão, do Consciente.

A compreensão, realizada nos domínios do Consciente, organiza automaticamente as programações correspondentes no Subconsciente. Organizadas e reestruturadas as programações dentro de um novo programa ou sistema, produzem novas e distintas reações, alterando o rumo dos fatos e acontecimentos na vida do indivíduo. 

 

A compreensão é o método de reprogramação que faz perceber o fato traumático sob outro ponto de vista, permitindo assim a libertação de bloqueios, traumas, conflitos, inseguranças, medos, depressão, fobias, ansiedade e da síndrome do pânico.

Segundo Grisa: "A lei da compreensão consiste em perceber o fato perturbador, prejudicial ou traumático sob outro ponto de vista, que não seja a visão fantasmagórica da perturbação, do prejuízo e do trauma. É perceber o fato em seu contexto maior, [...]"

 

Segundo Heiderscheit 

[...] a forma mais profunda e eficiente de reprogramar o SUBCONSCIENTE, começa pela compreensão do seu próprio mecanismo que, depois de programado, executa sem questionar o resultado. Em seguida, busque analisar, entender e compreender uma situação traumática sobre outro ponto de vista, isto é, perceber a realidade maior. Se você está aqui, hoje, lendo este livro, por pior que tenha sido o perigo ou a ameaça de perigo vivenciada para trás, na sua vida, você venceu!

 

A compreensão é uma atividade do Consciente ou da Função Racional. A Função Racional é o mais alto grau de desenvolvimento que o ser vivo já atingiu. Por isso ele se distingue dos animais irracionais, simplesmente pelo fato de possuir capacidade racional.

As convicções, como a compreensão, definem uma estrutura ou organização das informações registradas pelo subconsciente, produzindo uma programação ou reprogramação do mesmo.

A Parapsicologia Científica Independente, e particularmente o "Sistema Grisa", descobre que o Método da Compreensão é o único caminho para o indivíduo libertar-se, profunda e definitivamente, dos bloqueios, traumas e conflitos, bem como de inseguranças, medos, fobias, ansiedade, angústia, depressão e da própria síndrome do pânico.

A essência do método alicerça-se na mudança de ótica diante dos fatos ou dos diversos acontecimentos que deram origem ou fortaleceram o problema: ver o fato traumático sob outro ponto de vista ou outros ângulos que não sejam aqueles que causaram o impacto perturbador.

A Terapia Holística, preconizada pelo Sistema Grisa, fundamenta-se na compreensão do todo cósmico, dentro da estrutura funcional do micro ao macrocosmo, tanto na compreensão das suas amplas e diferentes dimensões: Leis Cósmicas, Leis Naturais de Sobrevivência, Programações Culturais Milenares, as programações Familiares (de vida intrauterina, do processo de nascimento), bem como o contexto familiar e a estrutura da personalidade pragmática e idealista, dos cinco papéis, além das programações pessoais, decorrentes das experiências individuais, quanto da compreensão. Segundo Grisa :

"A compreensão efetiva só ocorre, observando-se a percepção geral, culminando na percepção do cosmos; e observando-se a percepção específica - o fato ou elemento particular, isolado, focalizado em si mesmo.

Quando a verdade efetiva e objetiva é percebida - despida de fantasmas - realiza-se a compreensão específica superando os enfoques negativos do fato, especificando a reprogramação mental correspondente no subconsciente da pessoa."

 

O Sistema Grisa preconiza uma Terapia Holística onde a Hipnose e a Auto-Hipnose são técnicas que contribuem para acelerar o Processo da Compreensão, visando reorganizar e aperfeiçoar a atividade mental do ser humano, por meio da programação e reprogramação do subconsciente.

Somente pela compreensão, em seu significado mais amplo, a pessoa estabelece ou modifica convicções e crenças que regem o acionar da Lei da Criação, construindo o mundo em que cada ser humano se move como Ser Único e Ser Social.

Só a plena compreensão reprograma o subconsciente eliminando a causa do distúrbio, da desarmonia, reintegrando a pessoa na dinâmica harmoniosa da evolução cósmica.

Conclui-se que é preciso compreender ("não apenas ressignificar o fato"). Compreender o fato em seu contexto Cósmico, Social, Pessoal e Particular.

Quando a pessoa compreende, organiza novamente todas as programações do subconsciente e desfruta da possibilidade de usar seu consciente para o efetivo comando da vida.

"A verdade vos libertará." (Jo 8,32).

Alejandro Francisco Rubio - Hipnoterapeuta e Parapsicólogo Clínico. Presidente da ABPSIG (Associação Brasileira dos Parapsicólogos Clínicos do Sistema Grisa) sob o número 586. Atende na rua Frida Oertel, 6 - Mercês. Curitiba - PR.

Também faz atendimentos on-line, com a mesma eficácia do atendimento presencial.

Contato                  (041) 998093548 

    

                                2020 por ALEJANDRO RUBIO

 

Sou Hipnoterapeuta e Parapsicólogo Clínico do Sistema Grisa. Minha especialidade é trabalhar com todos os conteúdos baseados no poder da mente humana. Quando você tenta fazer uma coisa e não consegue o resultado desejado, é porque está atuando a tua mente subconsciente, a qual deseja apenas te proteger!

Somente a compreensão da forma do funcionamento da poderosa mente humana pode te levar aonde você deseja. Nos meus escritos e vídeos uso estes conhecimentos para te orientar na direção de conseguir manifestar no mundo real, todo o que desejes no mundo interior.

O mundo exterior é sempre uma projeção do mundo interior.

  • LinkedIn ícone social
  • YouTube ícone social
  • Facebook Black Round
  • Instagram - Black Circle